Hora Santa da Imaculada Conceição

 

Com efeito, lemos no Catecismo da Igreja Católica no nº 490: “Para ser a Mãe do Salvador, Maria “foi enriquecida por Deus com dons dignos para tamanha função.” No momento da Anunciação o anjo Gabriel a saúda como “cheia de graça”. Efetivamente, para poder dar assentimento livre da sua fé ao anúncio da sua vocação, era preciso que ela estivesse totalmente sob a moção da graça de Deus.

Ao longo dos séculos a Igreja tomou consciência de que Maria, “cumulada de graça” por Deus, foi redimida desde sua Conceição. É isto que confessa o dogma da Imaculada Conceição, proclamado em 1854 pelo papa Pio IX:

“A beatíssima Virgem Maria, no primeiro instante de sua Conceição, por singular graça e privilégio de Deus onipotente, em vista dos méritos de Jesus  Cristo, Salvador do gênero humano, foi preservada imune de toda mancha de pecado original.”

Por estas maravilhas operadas pelo Deus Todo Poderoso naquela que seria a Mãe de seu Filho, a Mãe de Deus e nossa Mãe, aclamemo-Lo exultando como Maria em seu Magníficat quando cantou: “ O Senhor fez em mim maravilhas, Santo é Seu Nome!”

Canto:

O Senhor é Santo, o Senhor é Santo…

Silêncio

Aclamações de Adoração

Ø Porque escolhestes para Vós Mãe toda pura de corpo e alma, nós Vos aclamamos:

T.:   Senhor, só Vós sois Santo!

Ø Porque nos mostrais em Maria a altura e a beleza do Vosso projeto para cada homem: tornar-se santo e imaculado no amor, nós Vos aclamamos:

Ø Porque escolhestes Maria para uma missão única e misteriosa, a de gerar para a vida terrena o Vosso Verbo eterno, que veio ao mundo para a salvação de todos os homens, nós Vos aclamamos:

*****************

2º quarto de Hora – Ação de Graças

Lemos ainda no Catecismo da Igreja Católica:

“Esta “santidade inteiramente singular” da qual Maria é “enriquecida desde o primeiro instante da sua Conceição” lhe vem inteiramente de Cristo: “Em vista dos méritos de seu Filho, foi redimida de um modo mais sublime.” Mais do que qualquer outra pessoa criada, o Pai a “abençoou com toda a sorte de bênçãos espirituais, nos céus, em Cristo”. Ele a “escolheu nele, desde antes da fundação do mundo, para ser santa e imaculada na sua presença, no amor.”

São Pedro Julião Eymard nos diz:

“Que pode haver de mais belo do que Maria, mesmo considerada só no exterior? É o lírio puríssimo, o lírio do vale, cândida como ele, e que germinou  em uma terra imaculada.

Maria é o paraíso de Deus!

Vede qual a flor que nele desabrocha: Jesus , a flor de Jessé! – O fruto que produz: Jesus , o trigo dos eleitos!

Penetrai na alma de Maria, contemplai-lhe a beleza, capaz de fazer nossa felicidade eterna, quando a conhecermos bem!

Quanto se deleitou Deus em embelezar Maria!

Eis o ostensório do Verbo nascido! Eis o canal por onde nos vem Jesus !”

Com Ela e como Ela, damos infinitas graças a Deus que, em sua misericórdia, nos chamou pela graça do santo Batismo a uma vida de pureza e santidade, à imitação daquela que já fora concebida toda bela, toda pura.

Bendigamos a Deus, cantando:

Magníficat: a escolher

Silêncio

Aclamações de Ação de Graças

Ø Por meio de Maria, Vós Vos fizestes um de nós, erguestes a Vossa tenda entre nós. Pelo seu “sim”, pela oferenda generosa de sua liberdade, nós Vos agradecemos:

T.:   Nossa alma Vos engrandece, Senhor!

Ø Do alto da Cruz Jesus , antes de cumprir o seu Sacrifício, nos deu sua Mãe como nossa Mãe e a ela nos confiou como seus filhos. Por tão grande amor, nós Vos agradecemos:

Ø A Virgem Imaculada nos exorta a ser irmãos uns dos outros, todos irmanados pelo compromisso de construir juntos um mundo mais justo, solidário e pacífico. Por sua solicitude materna, nós Vos agradecemos:

**********************

 


 

3º quarto de Hora  – Reparação

Diz-nos ainda o Catecismo:

“Dando à Palavra de Deus o seu consentimento, Maria se tornou Mãe de Jesus e, abraçando de todo o coração, sem que nenhum pecado a retivesse, a vontade divina de salvação, entregou-se ela mesma totalmente à Pessoa e à obra de seu Filho, para servir, na dependência Dele e com Ele, pela graça de Deus, ao mistério da redenção.”

Reflitamos no que nos diz São Pedro Julião Eymard:

“Devemos nós, adoradores, considerar outra coisa ainda no mistério da Imaculada Conceição. Se Deus preserva Maria deste modo, é porque deseja habitar nela, e quer encontrar um santuário puro e perfeito. O Pai Celeste e o Espírito Santo purificam Maria unicamente para fazerem dela o digno Tabernáculo do Verbo de Deus, um novo Céu; a fim de receber em si o Verbo Divino, era indispensável que Maria não tivesse mancha. A Imaculada Conceição, portanto, é a preparação para a Comunhão. Oh! com que prazer o Verbo contemplava esta morada cujos adornos eram feitos por Ele mesmo e à qual se precipitou a passos de gigante.”

Sendo a Imaculada, Nossa Senhora não precisa de purificação e por isso mesmo pode ser a nossa intercessora junto ao seu Divino Filho. Peçamos que, por nós e conosco, ela implore o perdão e a misericórdia que tanto precisamos, cantando:

Canto:

Ato Penitencial – Eu confesso…

Silêncio

Aclamações de Reparação

Ø Tantas vezes não atendemos ao convite de nossa Mãe celeste a evitar o mal e a cumprir o bem seguindo docilmente a lei divina inscrita em nosso coração. Humildes e confiantes, imploremos:

T.:     Olhai para Maria e sede misericordioso conosco.

Ø Em muitas situações, as realidades mais sagradas, como o corpo humano, templo do Deus do amor e da vida, são desrespeitadas. Humildes e confiantes, imploremos:

Ø Veneramos a Virgem Maria como Mãe de misericórdia e queremos encontrar-Vos indulgente conosco, mas nem sempre nos mostramos misericordiosos com nossos irmãos. Humildes e confiantes, imploremos:

***************

4º quarto de Hora – Súplica

Ainda no Catecismo da Igreja Católica lemos:

“Como diz Santo Irineu, ‘obedecendo, Maria se fez causa de salvação, tanto para si como para todo o gênero humano’. Donde não poucos Padres antigos afirmam de bom grado em sua pregação: ‘O nó da desobediência de Eva foi desfeito pela obediência de Maria; o que a virgem Eva ligou pela incredulidade, a Virgem Maria desligou pela fé’. Comparando Maria com Eva, chamam-na de ‘ Mãe dos viventes’; e com freqüência afirmam: ‘Veio a morte por Eva e a vida por Maria’.”

Eis o que nos diz São Pedro Julião Eymard:

“A Imaculada Conceição é ainda a medida de seu poder e de sua glória. Somente a pureza e a santidade nos tornam poderosos junto de Deus, que opera as grandes coisas por meio das almas puras; só atende Ele às vozes inocentes ou purificadas. E a pureza de Maria jamais foi empanada pela menor mancha. Qual será, pois, o seu poder?

Sim, a Virgem Mãe é a Medianeira de todas as graças, a Onipotência suplicante. Com toda a confiança, cantemos:

Canto

Silêncio, silêncio olhai o sacrário…

Aclamações de súplica

Ø Sol de justiça, a Quem a Virgem Imaculada precedeu como aurora resplandecente, desejamos caminhar sempre à luz da Vossa presença.

Por isso, Vos pedimos cheios de fé:

T.:  Ouvi as súplicas de Vossa Mãe por nós.

Ø Redentor nosso, que fizeste da Imaculada Virgem Maria o tabernáculo puríssimo da vossa presença e o sacrário do Espírito Santo, queremos ser templos vivos do Vosso Espírito.

Por isso, Vos pedimos cheios de fé:

 

Ø Senhor do céu e da terra, que colocastes Maria como Rainha à vossa direita, temos a alegre esperança de participar um dia com Ela da mesma glória.

Por isso, Vos pedimos cheios de fé:

****************

 

Trechos tirados do Catecismo da Igreja Católica, escritos de São Pedro Julião Eymard e

Discursos do Papa Bento XVI

 

 

Um Comentário

  1. Esta Hora Santa da Imaculada nos faz elevar cada vez mais nosso amor à Maria. Nosso coração se inflama por pertencer à Mãe de Deus, com filhas, reaviva nossa fé no amor a Nossa Senhora. Envie-me sempre que tiver tais momentos de oração e encontro com Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *