MARIA NOS CONDUZ A JESUS

Slide3

 

 

EDUCAÇÃO POR MARIA

Jesus disse à Sua Mãe: Eis aí o teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí a tua Mãe [Jo 19,26-27].

Depois da Eucaristia é o Dom mais terno do amor de Jesus, prova mais poderosa de Sua ternura por nós. Dar Sua Mãe ao Seu discípulo é dar-lhe uma perfeita Educadora e Mediadora – a mais poderosa.

Perfeita Educadora

Deus deu à mãe a maior mas também a mais difícil missão de Seu amor, a de formar um filho para a família e um homem para a sociedade.

uCabe à mãe despertar, excitar por graus as faculdades adormecidas do filho, ensinar-lhe primeiramente os sinais do amor, depois os testemunhos, a linguagem, e enfim o dom e a obediência.

uCabe à mãe ensinar ao seu pequeno filho a conhecer seu pai, a olhar para ele, a abraçá-lo, a dirigir-se a ele.

uCabe à mãe formar no filho jovem os costumes, as virtudes do pai, e fazer reviver o pai em seu filho.

uCabe ao pai dirigir a carreira de seu filho, introduzi-lo no mundo sob sua tutela paternal. A mãe terá somente o conselho do amor, a lei da clemência na necessidade – mas sempre o devotamento sem limites.

Tal é a Mãe que o Criador fez.

Eis a Mãe que o Salvador nos deu: é Maria.[…]

Mudança operada em maria em favor dos homens. Ela tinha dado Jesus para sua salvação, agora ela O reivindica para seu perdão, para sua conversão. Ela Se tornou avara pelo homem pecador. Ela torna a pedir todos os Seus direitos de Mãe sobre Jesus.

Uma mãe dá ordens a seu filho. Uma mãe herda de seu filho. Uma mãe prefere o infeliz ao feliz. Ela despojará um pelo outro. Nada de mais natural. O pai ganha o pão, a mãe o distribui. O pai reina fora, a mãe dentro.

Salve Rainha, Mãe de Misericórdia.

Educação de Jesus por Maria

Jesus vai-se embora – órfãos – Mãe deixada.

1. Jesus é grande, poderoso demais, para realizar nossa primeira educação. Ele esmaga nossa fraqueza.

2. Jesus reúne duas dignidades: Deus e Homem – duas funções: Salvador e Juiz – causa-nos temor.

3. No Evangelho, se Ele é Bom, frequentemente é também severo, e tem-se medo de merecer Sua severidade.

Eis Maria – não aparece nada de grande, de majestoso, de severo, nada assusta nem esmaga nossa fraqueza. É uma Mãe, toda uma Mãe, nada além de uma Mãe, boa, terna, compassiva, dedicada. Tão boa que Ela não rejeita os pecadores – tão terna que Ela esquece que é Rainha – tão compassiva, trata até mesmo as chagas de nossos pecados – tão dedicada, mesmo quando fugimos, ofendemos Seu Filho – Ela nos segue chorando, Ela nos exorta, nos estimula, Ela nos segue no exílio, abre-nos Seus braços no perigo.

Boa Mãe! Toda de misericórdia! Como o seio inesgotável da bondade divina.


 

Maria nos ensina a conhecer Jesus

Ela no-LO mostra segundo nossa fraqueza. Ela O vela, O materniza, para nos domar com Seu amor.

Maria é Jesus maternizado. Como é tocante o nome de Jesus pronunciado por Maria!

Como é belo Jesus mostrado por Maria!

Como são amáveis as virtudes de Jesus maternizadas em Maria!

Como são simples as verdades sublimes de Jesus explicadas pela boca de Maria! […]

Maria nos ensina a amar a Jesus

Ela nos inspira Seu amor por Jesus, mostra-nos gradualmente Seu amor.

Maria nos forma às virtudes de Jesus

Ela tem o sentimento, o segredo, a graça, a missão destas virtudes. Maria, Lua – esplendor atenuado do Sol.

Maria nos conduz a Jesus, nos dá a Jesus

Preparação para a primeira Comunhão.

Preparação para um estado de vida.

Preparação para a morte.

Lei de clemência

A Mãe – nós pecadores – Maria Medianeira. Ela é para Jesus o que Jesus é para Seu Pai. Ela Lhe mostra Seu Coração – lembra-Lhe o Calvário – diz-Lhe Seu amor por esse filho culpado, por esse pecador.

Poder de Maria – Ela se coloca entre a justiça e o culpado, pede misericórdia; e antes de atingir Sua Mãe, Deus detém Seu raio, suspende o interdito, detém o culpado em sua queda para o inferno.

Oh! feliz aquele por quem Maria reza. ‘Quem Te venera, será justificado. – Lembrai-Vos, Senhor.’ [Oração de são Bernardo]

Eis a Mãe de clemência, de misericórdia. A Mãe educadora, a Mãe nutriz de Jesus em nós.

Portanto, amemos a Jesus.

(OBRAS COMPLETAS DE SÃO PEDRO JULIÃO EYMARD / Volume XII)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *